Cortina Blecaute

Cortina blecaute ou cortina blackout

Garantir privacidade, controlar a luminosidade, proteger o mobiliário do excesso de sol e proporcionar conforto térmico dentro de casa são algumas das cortinas. A escolha do tecido também é responsável por arrematar o décor. A cortina blecaute, também conhecida como cortina corta luz ou blackout, é a versão mais densa possível do acessório, cortando toda luz e reflexo que pudesse passar pela janela.

A cortina blecaute pode ser feita de duas formas: por meio de um tecido mais grosso adicionado à cortina de tecido fino decorativo ou pode uma camada a mais. O corta luz pode ser um poliéster ou PVC preso a outro tecido, como um adereço em que a peça fica muito mais grossa e com uma durabilidade maior. Ou, caso você queira ter a possibilidade de fazer mudanças na decoração mais facilmente, pode preferir adicionar uma nova cortina atrás daquela que escolheu para decorar o ambiente.

Há quem prefira peças com tramas mais fechadas e maior capacidade de bloquear o sol: o veludo, a seda, o algodão e o linho cumprem bem este papel. Na hora de instalar, vale considerar as duas opções: o trilho suíço no forro ou o varão - este é instalado direto na parede. Além da escuridão, o blackout bloqueia o calor que vem do ambiente externo, retendo 30% dele e impedindo que entre dentro da casa. O acessório também atua no condicionamento acústico, diminuindo o ruído das ruas.

Planejando

Antes de instalar uma cortina blecaute, reflita sobre qual sol bate no cômodo: o da manhã ou da tarde? Caso seja o da tarde, é importante proteger os móveis do dano causado pela ação dos raios solares.

Na hora de comprar sua cortina, preveja sempre que ela vai ser maior que a janela, pelo menos entre 10 e 20 centímetros, não apenas de cada lado, mas também acima e abaixo da janela. Para aqueles ambientes que apresentam um visual mais clássico, moderno ou despojado, priorize tecidos leves para criar composições atuais e de vários estilos. 

Se o seu estilo é por cortinas com estampas mais vistosas, com cores fortes ou mesmo com estampas diferentes, o ideal é que ela seja usada em cômodos maiores, já os tons neutros dão liberdade e facilitam na hora de criar ambientes com cenários que apresentam elementos coloridos. Atualmente, são os as opções mais utilizadas

Garantir privacidade, controlar a luminosidade, proteger o mobiliário do excesso de sol e proporcionar conforto térmico dentro de casa. Estas são as funções das cortinas. Mas é a escolha do tecido que a define e arremata o décor. Há quem prefira peças com tramas mais fechadas e maior capacidade de bloquear o sol: o veludo, a seda, o algodão e o linho cumprem bem este papel. Na hora de instalar, vale considerar as duas opções: o trilho suíço no forro ou o varão - este é instalado direto na parede.

Cortinas com cores escuros devem ser evitadas em janelas onde o índice de luz solar seja intenso, pois elas podem reter calor e aumentar a temperatura do ambiente. Se forem estampadas e usadas de forma correta podem se tornar um dos pontos fortes do ambiente e formar harmonia com a decoração. No entanto, ela deve ter as mesmas cores da paleta usada para o local. Se o seu estilo é por cortinas com estampadas mais vistosas, com cores fortes ou mesmo com estampas diferentes, o ideal é que ela seja usada em cômodos maiores, já os tons neutros dão liberdade e facilitam na hora de criar ambientes com cenários que apresentam elementos coloridos. Atualmente, são os as opções mais utilizadas.

Para aqueles ambientes que apresentam um visual mais clássico, moderno ou despojado, é ideal priorizar tecidos leves para criar composições atuais e de vários estilos. Se você tem a intenção de aquecer determinado cômodo recomenda-se utilizar cortinas que são confeccionadas com tecidos mais pesados ou com sobreposições. Na hora de comprar sua cortina, preveja sempre que ela vai ser maior que a janela, pelo menos entre 10 e 20 centímetros, não apenas de cada lado, mas também acima e abaixo da janela.

Motivos para utilizar uma cortina balck out em seu ambiente

A exemplo do quarto que é um dos cômodos da casa que exige uma atenção especial, pois precisa ser um ambiente extremamente confortável para garantir que o ambiente seja realmente confortável, charmoso, mas acima de tudo propício para boas noites de sono e bons momentos de descanço. Desta forma é importante investir em uma decoração que remeta este aconchego.

As cortinas blackouts contribuem para a redução de raios de luz natural ou da luz artificial que tende a surgir no período da noite, devido ao material espesso que a compõe. Elas também contribuem para que a temperatura seja controlada naquele ambiente, fazendo com o mesmo não fique nem muito quente e nem muito frio. E além de controlar a incidência de luz e de temperatura, proporciona um clima íntimo.

Já para aquelas cortinas que apresentam bordados, temas, elas se tornam perfeitas para brincar com a decoração dos outros cômodos, como cozinha, sala de jantar, entre outros espaços. Temas como frutas, flores, talheres, são cortinas perfeitas para serem inseridas em janelas de cozinhas.

Cortina para quarto

Qual altura? Blackout ou tecido? Estampa ou liso? Na hora de escolher cortina para quarto, as dúvidas são muitas. As peças contribuem para formar atmosferas mais aconchegantes e confortáveis, além de emoldurar o espaço e cuidar da privacidade do ambiente mais íntimo da casa.

Medida certa da cortina para quarto

Antes de tudo, saiba o tamanho da sua janela. A cortina deve ser um pouco maior, garantindo que o tecido vai proteger contra a claridade mesmo quando estiver ventando. Para tecidos leves, multiplique o tamanho da janela e da sobra (cerca de 20 cm para cada lado) por dois; já para tecidos mais pesados ou encorpados, a multiplicação deverá ser feita por três. 

Quanto à altura, o comprimento que vai do teto ao chão alonga o pé-direito do cômodo e dá efeito aconchegante ao ambiente. As cortinas curtas, por sua vez, vão bem com móveis embaixo da janela ou com quartos infantis, pois dão um ar mais descontraído.

É importante também verificar o espaço no teto e na parede para decidir qual a altura e suporte serão usados. Varão ou trilho? Os trilhos são mais discretos, pois podem ficar embutidos no acabamento de gesso. Já o varão é fácil de instalar e de limpar e vem em várias opções de acabamento, como cromado, dourado, madeira.

Qual o melhor estilo

Cores neutras dão mais liberdade para decorações coloridas, por outro lado os tons vivos e coloridos fazem da cortina, por si só, ponto de alegria e personalidade. Fique atento: tons mais escuros e intensos costumam desbotar com a luz do sol, portanto leve em consideração a intensidade de luz que bate no ambiente ao longo do ano.

Tecidos pesados e/ou sobreposições são ótimos para época de frio, pois ajudam a aquecer os ambientes e diminuem a sensação de “vazio”. Caso opte por estampas, a dica é valorizar o fundo neutro e deixá-la apenas como xale. Assim, o destaque fica apenas para detalhes mais pontuais da cor ou desenho, mantendo a cortina harmonizada com o cômodo.

A blackout é feita com material mais espesso e tem a função de bloquear a entrada de luz, além de aumentar o isolamento acústico do ambiente. Ela é ideal para aumentar a qualidade do sono, pois garante que o “escurinho” dure até a hora de acordar. O voal é o tipo clássico, podendo ser usado tanto sozinho quanto em conjunto com algum tipo de forro. Sua textura pode inspirar requinte e simplicidade no mesmo ambiente.

Filtros

Tabela  Lista

  1. 1
  2. 2
Filtros

Tabela  Lista

  1. 1
  2. 2
Filtros

Tabela  Lista

  1. 1
  2. 2
2020 © Direitos Reservados